home > EQUIPE

>

ELIANA AZEVEDO

Paisagista e Artista Plástica

Atua no paisagismo desde 1986. Projetou e implantou mais de 550 obras paisagísticas.

As obras assinadas por Eliana Azevedo, tem recebido o reconhecimento da imprensa especializada e foram publicadas em matérias editoriais de veículos como Décor Magazine, Revista Natureza, Revista Casa Claudia, Revista Arquitetura & Construção, Arquitetos Year Book e jornal Folha de São Paulo.

Tem colaborado, ainda, com artigos editoriais para o jornal Folha de São Paulo e Revista Natureza (1986 /1988)  e Piscinas & Afins (2015/presente data).

Formou-se pela FAAP – São Paulo – SP, com especialização em Architetura d’Interni – Istituto Europeo di Design – Milão, Itália e mais recentemente especialização em Geodesign – Pennsylvania State University, USA.

MBA em Gestão Ambiental e Desenvolvimento Sustentável (2019)

Iniciou sua atividade profissional em Milão no escritório AG&P – Architettura dei Giardini e del Paesaggio di Emanuele Bortolotti e Paolo Villa, onde participou como aprendiz de diversos projetos importantes como a revitalização do Parco Lambro em Milão.

Em 2017 iniciou parceria com Achva Stein, paisagista americana de grande importância internacional que recebeu inúmeros prêmios e condecorações entre eles a Comenda por Relevantes Serviços Prestados à Comunidade de Los Angeles, CA.  Achva Stein assina o projeto do Courtyard de Marrocos no Metropolitan Museum em Nova York, USA.

TIME LINE

2019 - MBA em Gestão Ambiental e Desenvolvimento Sustentável

2017 – Geodesign – Pennsylvania State University, USA., uma das áreas do paisagismo mais importantes com foco em tornar as cidades resilientes.

Inicia parceria com Achva Stein.

 

2015 – Assina a coluna de paisagismo na revista Piscinas & Afins.

Reafirma cada vez mais seu foco no paisagismo sustentável tendo como característica marcante em seus projetos a atenção com a avefauna local, a resiliência, a funcionalidade e a estética. Destaque para o projeto de paisagismo da residência de Bruno Grinberg em São Paulo.

 

2012 – Projeto do jardim da Capela na Coudelaria Rocas do Vouga em parceria com o LAB Arquitetos. Belíssimo projeto que inseriu na paisagem as culturas portuguesa e brasileira através de referencias do Algarve integradas ao belo cenário do interior paulista. Destaque para a gruta de pedra – a capela – inserida na paisagem de forma extremamente harmoniosa.

 

2011 – Como presidente reeleita da A.N.P. estreitou parceria com o Green Building Council – Brasil e com a A.S.L.A. – American Society of Landscape Architects, a maior e mais importante associação de paisagismo do mundo, e ainda instituiu o Concurso Nacional de Paisagismo Urbano – ANP. Neste ano, coordenou o inicio do processo de Regulamentação da profissão de paisagista no Brasil, que culminou no PL2043/11 – ação da maior importância para o desenvolvimento do paisagismo no Brasil.

 

2010 – Premio de melhor projeto de paisagismo da Casa Cor MT.

Implantação do paisagismo de diversas obras de grande porte para o Metrô de São Paulo. Dentre os projetos deste ano merece destaque a residência do Dr. Manuel Tavares de Almeida Filho em São Paulo.

 

2008 – É eleita presidente da A.N.P. Associação Nacional de Paisagismo.

A Green House design inicia a fabricação e comercialização de produtos de design para jardim – marca própria.

 

2.005 – Eliana estreita parceria com John Brookes, paisagista inglês de grande importância internacional. Juntos  desenvolveram projeto paisagístico para o Botanique Gourmand Hotel – Campos do Jordão – SP.

2003 – Escreve seu primeiro livro infantil com foco em educação ambiental direcionado a crianças de até 9 anos: “Aventuras de Luiza e Malu em O Amigo Mico”. O livro foi adotado por diversas escolas como material paradidático e/ou para constar das bibliotecas, dentre elas a Chapel School, Escola Suiço-brasileira, Inst. Beatíssima Virgem Maria e Pueri Domus – todas em São Paulo.

 

1995 – iniciou a divisão comercial – Green House design – sendo importadora e distribuidora exclusiva para o Brasil dos produtos para jardim da marca FISKARS.

 

1992 – Desenvolveu projeto de dois grandes haras no interior de São Paulo: Haras Carandá – criação de Puro Sangue Árabe e Coudelaria Rocas do Vouga – criação de Cavalo Lusitano. Inicia-se aqui a preocupação pela recuperação ambiental – paisagismo sustentável, com a criação de corredores biológicos, bosques com espécies nativas visando o resgate da avefauna local.

 

1989 – Destaque para o projeto de paisagismo da casa de praia do cineasta Hector Babenco.

 

1986 – Volta da Itália e inicia as atividades no Brasil com seu escritório de paisagismo focado em projetos paisagísticos e execução de jardins.